Omninerdia

Generalidadis nerdis

  • RSS
  • Google Plus
  • Facebook
  • Twitter

Injustice: descrição do jogo

Posted by Guilherme dos Reis 1 Comment

Injustice

     Um dos games mais aguardados pelos fãs da DC, Injustice é um bom jogo de versus, ao estilo Mortal Kombat. Para começar, não é uma mera cópia: jogar Injustice não é o mesmo que jogar DC X MK só com os personagens da DC. Ele pega alguns elementos do que há de bom no outro jogo, por exemplo as cenas em que um personagem cai de um cenário para o outro; com alguns outros elementos, como um poder variável por personagem e que vai carregando com o tempo: o Batman carrega uns morcegos ao redor de si, o Apocalypse se torna irrefreável por um tempo, o Flash aumenta sua velocidade (na verdade, o personagem do outro jogador é que fica lento, mas a gente pegou a ideia).

Story mode

     A história de Injustice não é das mais novas. Trata-se da velha temática “Liga da Justiça tirânica de uma outra dimensão”. Essa mudança de realidade se deveu ao Coringa, que induziu o Super-homem a matar Lois Lane e a população de Metrópoles usando uma ilusão mental.

http://youtu.be/vVa8KYgFoLs

     E aí o Super-homem se torna um grande ditador, que não mede consequências para manter “a paz e a ordem”, recorrendo inclusive a assassinato a sangue frio. Não sei, sempre achei essas mudanças muito drásticas nos personagens um tanto inverossímeis. Minha visão de herói é aquela em que ele passa por grandes provações e continua sendo um herói. No entanto, digamos que o Coringa realmente conseguiu atingir o calcanhar de Aquiles do Homem de Aço. E porque o Super-homem virou um ditador, toda a Liga (fora o Baman) também se torna? Entendo a simbologia: o Super-homem é o exemplo de herói, o modelo a ser seguido. Se ele muda de lado, os heróis seguem ele. Simbolicamente, tudo bem, mas se já acho a mudança dele do extremo da nobreza para o maior vilão da História um tanto exagerada, a mudança de lado de (quase) todos os heróis, é mais difícil ainda de engolir.

     Ainda assim, gostei de jogar a história. Está certo que é só um pano de fundo entre um combate e outro, mas é um bom pano de fundo. Envolvente e com cenas interessantes, foi o que me fez ficar mais tempo direto no game. E serve bem ao mote que os desenvolvedores aparentemente buscavam para haver uniformes extras, bem como para poder posicionar um mesmo personagem como do bem e do mal.

HISTÓRIA DA HQ

Li a primeira edição dos quadrinhos Injustice. Ali a história me parece muito interessante. Começa com um Super-homem feliz e contente ao ouvir, deitado na cama com Lois, dois batimentos cardíacos vindos dela.

injustice-batimento-cardiaco

A descoberta da gravidez é rapidamente substituída pela preocupação, já que o Coringa a captura. Achei a história dos quadrinhos muito boa, mas por enquanto só li a primeira edição. Não prossegui porque dividiram cada edição digital em três partes de U$0,99, fazendo com que a edição completa fique quase a três dólares. Um pouco caro para uma história digital, mas quem sabe depois lançam um encadernado quase ao mesmo preço? Aí acho que vale a pena comprar!

Battles

Outro modo de jogar é o Battles. Nele, pega-se um personagem e enfrenta-se uma sequência de outros personagens. Se em condições normais, é o estilo Classic, mas há outras possibilidades de jogo, a maioria destravada com os pontos que o jogador vai ganhando. Alguns desses modos de luta influenciam as condições gerais do combate, como o Give and Take (ambos os personagens recuperam vida para cada golpe que acerta no oponente) e o Fully Charged (a barra de super de ambos os combatentes é ilimitada, mas os supermoves ficam desativados). A maioria dos modos, no entanto, são desafios, tais como survivor, unstopable (tem que se vencer a sequência de oponentes sem perder nenhuma luta), sidekick (enfrenta-se dois oponentes), poisoned (só o personagem do jogador vai perdendo vida aos poucos) e impossible (vencer todos usando somente uma barra de vida).

S.T.A.R labs

Aqui vem uma longa sequência de minimissões, que consistem em vencer combates em condições especiais, proteger inocentes de destroços e coisas do tipo. Legal a ambientação no cenário DC. Um dos desafios para o Batman, por exemplo, consiste em vencer um combate com o Espantalho soltando sua toxina vez por outra no turno.

 

Single fight

Não quer nada disso? Só pegar um personagem e lutar contra outro? Essa é a sua opção!

 

Training

Quer dar uma praticada antes de lutar? No Training você pode lutar livremente ou passar por um tutorial.

Bonus features

Com os pontos que se consegue durante o jogo, é possível abrir extras como capas de revistas, concept arts de personagens e cenário, as músicas do jogo, fantasias alternativas para os personagens e modos de luta. Outros já ficam abertos, como a descrição dos personagens e os cenários para se destruir. E alguns bônus se consegue cumprindo alguma missão de jogo, por exemplo, os vídeos de final dos personagens se consegue zerando o Battle com ele.

Downloadable content

injustice Lobo   Existe uma listinha de conteúdos para download no jogo. Uma boa parte são skins (fantasias diferentes), mas também tem, por exemplo, missões extras do S.T.A.R Labs para o cenário A foice e o Martelo. O mais legal mesmo são os personagens extras. A Batgirl e o Lobo são as opções até agora. Baixei o Lobo por cinco dólares e achei bem divertido jogar com ele, além de o processo todo (no PS3)  de comprar, baixar e usar no jogo ser eficiente e bastante rápido.

Bom, é um jogo que eu recomendo, em especial para os fãs da DC e os fãs de jogos de luta. Se você gosta dos dois, provavelmente já deve ter o seu ou está se planejando para comprar.

Segue a imagem com o menu de escolha dos personagens inicias do jogo, com os nomes de todos eles embaixo.

Injustice-Gods-Among-Us-Shazam

Flash / Asa Noturna / Batman

Ciborgue / Arqueiro Verde / Super-homem

Ravena / Aquaman / Mulher-maravilha

Mulher-gavião / Shazam / Lanterna Verde

Coringa / Arlequina / Solomon Grundy

Lex Luthor / Mulher-gato / Exterminador

 Ares / Nevasca / Apocalipse

 Sinestro / Adão Negro / Bane

Sobre Guilherme dos Reis

Guilherme dos Reis escreveu 24 posts neste blog.

Guilherme dos Reis lê quadrinhos e joga RPG desde os onze anos de idade (idos de 93). Nerd total: gosta de videogame, jogos de tabuleiro, RPG, cinema e literatura, mas sua especialidade são as HQs. Ministra palestras sobre esse tema em livrarias e universidades.

Categories: Blog, Games, HQ
Loading Facebook Comments ...

One Response so far.

  1. [...] o mote dos quadrinhos e do history mode do jogo de videogame Injustice: gods among us, já abordado aqui em postagem [...]


Posts Populares

Selene The Fantasy - os 4 Aventureiros

Boardgame nacional "

O cenário de jogos de tabuleiro e Card Games historicamente ...

diadatoalha

Dia da Toalha - Info

Dia 25 de Maio, como todas as pessoas do Universo ...

diadatoalha

Fotos do Dia da Toal

Depois de muita demora finalmente começamos a publicação das fotos ...

Battle Scenes copag

Battle Scenes Univer

A Omninérdia dá início a apresentação + avaliação + regras ...

Injustice-Gods-Among-Us-Shazam

Injustice: descriç

     Um dos games mais aguardados pelos fãs da ...